segunda-feira, 28 de maio de 2007

De Ré

Estou mal!!! Mal até que seria bom...Estou Péssima!!! Cada vez mais tenho crises existenciais profundíssimas em curtos intervalos de tempo; e isso está me enlouquecendo!!!

Acho que o final da minha vida, a última cena, será a de uma senhora(pq acho que chegarei a ser senhora; acho, inclusive, que viverei muito, porque tenho cada vez mais certeza que a vida em si é o alto preço que eu tenho a pagar) fazendo uma arte indecifrável em uma folha branca em uma clínica de repouso.

Estou em uma busca constante e sem fim por uma tal felicidade.Felicidade essa que eu acho que seja uma utopia; algo que inventaram para que a gente viva buscando, procurando, até o derradeiro fim, o tal fim na clínica de repouso, com a arte indecifrável.

Mas o que está me deixando mal mesmo é achar que a minha vida está andando em marcha ré, quando a de todo mundo parece ir para frente, adiante, avante.

Eu estou estagnada, parada, e a minha vida ta passando por mim e ta caçoando, rindo, gargalhando da minha cara de idiota!

Talvez já sejam os efeitos maléficos do meu aniversário que tá chegando!! Ô data cruel!!! Outra coisa que eu precisava entender: pq o dia do meu nascimento me faz tão mal...talvez pq não fosse preu ter nascido...

Talvez eu precise fazer análise urgente! Mas como dizia Cazuza:” Tenho medo de fazer análise e perder a inspiração”

Mas aí o assunto é medo...e essa é uma longa estória...


Um comentário:

Gabryella disse...

Como assim amiga???Não era pra ter nascido? Fala isso não!!!Como é que eu viver se tu não existisse?!Com certeza, eu ia ser muito infeliz, incompleta, pq tu não ia estar presente nos meus dias para torná-los são maravilhosos!
Isso é só uma fase! Tu sabe disso!Já teve tantas!Ela existe para te tornar cada vez mais encantadora e essa amiga assim tão singular!
Te amo muito!
Beijos e mais beijos!