terça-feira, 13 de janeiro de 2009

Apareceu a Margarida!!

Olá amigos e amigas blogueiros!
Desculpe minha ausência, mas estou meio sem tempo, com milhares de trabalhos para fazer e uma monografia que ainda nem começei...
Estou passando para dar notícias e pedir que não me esqueçam, que assim que eu estiver mais livre, venho por aqui e vou visitá-los.
Abaixo vou deixando um texto que escrevi há uns dias, falando um pouco sobre a minha pessoa.
Beijos carinhosos em todos!

Sou uma pessoa em contínua transformação.
A cada dia aprendo coisas novas sobre mim mesma, e muitas vezes, me surpreendo.
Sou boa mas não sou santa. Gentil, mas não tola.
Geralmente, sou educada com todo mundo, até com quem não merece a minha boa educação. Palavrinhas mágicas como “Por Favor”, “Com Licença” e “Obrigada”, sempre fazem parte do meu vocabulário; mas não pise no meu pé não, por que eu também sei ser grossa; e acho que falar palavrão é terapêutico.
Minha idade não me pertence. Em uns dias, tenho cara de mais nova e cabeça de mais velha. Em outros, cara de mais velha e cabeça de mais nova.
Converso para desabafar e para resolver meus problemas. Converso bobagens e tenho papos cabeça. Acredito que tudo possa ser resolvido com uma conversa, das coisas mais banais aos problemas mais complexos.
Já tomei porres de felicidade e porres de tristeza. Já bebi pra esquecer. Já bebi pra me vingar. Falei muita coisa que não devia. Fiz muita coisa que não faria. Já falei inúmeras vezes “Nunca mais eu bebo”.
Eu adoro livros, teatro, cinema. Sei ser culta e recitar poesias. Mas também assisto besteiras e falo abobrinhas.
Minha vida tem trilha sonora. Sou apaixonada por músicas, que sempre me lembram alguém ou algum momento. E sou bem eclética. Escuto de Ópera à Funk.
Valorizo muito as minhas amizades e fico triste em sentir que o carinho que tenho por alguém não é recíproco. Me dôo demais, me preocupo demais e até “mimo” demais os meus amigos. Procuro ao máximo manter as minhas amizades mas se vejo que essa vontade só parte de mim, eu não vou mais atrás.
Eu tenho medo de perder quem eu amo.
Eu espero demais das pessoas, e sempre acabo me machucando muito por causa disso.
Eu amo a Lua. Lua cheia, de preferência. Amo a praia, o mar, o céu, as estrelas, a chuva e o sol.
Eu não gosto de andar descalça, mas às vezes preciso tirar os chinelos e sentir o chão.
Eu assisto mil vezes os mesmos filmes e me emociono mil vezes com as mesmas cenas.
Eu não gosto de chorar na frente de ninguém, e não gosto de ver ninguém chorar na minha frente.
Eu sou preguiçosa e odeio acordar cedo.
Sou transparente e não consigo fingir o que não estou sentindo. Quem me conhece de verdade sabe como estou só de olhar pra mim, ou de ouvir a minha voz.
Eu não falo “Eu te amo” como quem diz “Bom dia”, e não me sinto obrigada a amar pessoas só por que elas são da minha família.
Eu sou caseira mas também adoro sair. A companhia vale, pra mim, muito mais que o lugar.
Eu sinto com a cabeça e penso com o coração.
Sou racional mas às vezes sou impulsiva.
Eu não fico por ficar. Não conto pessoas como quem conta rebanho. As pessoas têm que ter significado pra mim.
Eu não troco amizade por homem. Homens vem e vão. Amigos de verdade vem e permanecem. Eu adiciono as amizades ao homem. O homem certo não me faria ter que escolher.
Eu não acredito em contos de fada nem em príncipes encantados. Prefiro príncipes (des) encantados, imperfeitos e humanos. A perfeição me cansa.
Faço terapia pra me conhecer e espantar meus demônios.
Eu sou frente e sou verso. Claridade e Escuridão.
Sou uma pessoa em contínua transformação.
(Caroline Marques Fernandes)

33 comentários:

Monique Lôbo disse...

Oi Carol, com é que poderiamos nos esquecer de você??Nunca!!
Adorei seu texto, ja te achava uma pessoa com um coração enorme, só confirmei os meus conceitos!!!

Bjãoo

Izzie disse...

Caaaarol, reparei sim que vc estava meio sumida, te vi algumas vezes no msn, mas ocupada e com dor de cabeça.. rsrsrs

Lindo texto, bela auto-descrição.
Gostei muito, muito mesmo.

Beeeijos, estamos sempre por aqui, te acompanhando =)

Tata disse...

Oi Carol,

Não me esqueci de vc não.....
Nossa ADOREI SEU TEXTO!
cada vez mais vc ganha meu respeito e admiração!
Vc é uma fofa!
bjinhos

Milla disse...

Mas já com trabalhos e monografias?? Graças a Deus ainta to de ferias... Na vdd eu queria ficar eternamente de férias e estudar por osmose... Oh, sonho! hauha
E adorei seu texto, me identifiquei bastante em algumas palavras! E palavrão realmente é terapeutico apesar de eu não usar tanto...

Bjão!!

SGi/Sonia disse...

Corre Carol, porque o tempo é doído e vem depressa.
Você é linda.

Beijins:*

AcidStorm disse...

Pode demorar o que for, todos te esperarão (ansiosos)!


Grande Beijo.

Sammyra Santana disse...

Carol, que texto transparente, amiga!
adorei te conhecer a fundo!
Adorei qd vc falou q não fala eu te amo à toa e que não se sente obrigada a amar pessoas só pelo fato delas pertencerem a tua familia!
queria era ser como vc e sentir com a cabeça e pensar com o coração! ooowww, queria mesmo ser assim!
Beijo, flor!

JIME disse...

Voce nunca será esquecida.
Beijos.

Pelos caminhos da vida. disse...

Pessoas queridas a gente não esquece.

beijooo.

Amanda Marina ♥ disse...

e acho que falar palavrão é terapêutico ÓTIMO!

Adorei o texto, já salvei aqui no meu computador, é claro, com o nome da autora em baixo!

Sabe, em alguns pontos a gente se parece bastante!!

Beijos flor*

Sammyra Santana disse...

obrigada pelo comentario carinhoso, Carolzita!
Seu blog é que é MARA!
Beijo grande!

Sammyra Santana disse...

não sei quem anda mais sumida.eu ou tu? hahahahaha
saudades, flor!
beijo

Cantinho da Tina disse...

Nossa, que maravilhoso, meus awards são extensivos para este lindo blog. Um beijo carinhoso. Tina http://cantinhodatina.comli.com

Sammyra Santana disse...

huahauahuahauahua
realmente, em matéria de sumiço vc tá ganhando, hein, amiga?
Beijo

Sarinha disse...

Eii sumidaaa!!
Adoreii sua descrição..
Saudade daquui!
bju

Drêycka disse...

oi Carol!
valeu pela visitinha, estou te add...

bj grande, e volte sempre

Quase Trinta disse...

Adorei o texto Carol, me vi em várias linhas... não fica muito tempo sumida não ok?
beijos

Mentes Discrepantes disse...

É isso aí, assim somos nós seres humanos, mutantes, cheio de altos e baixos e sempre em busca do auto conhecimento.
Convidamos vc a conhecer nosso blog, onde quatro pessoas escrevem sobre assunto diverso, sob o próprio ponto de vista.
Te aguardamos lá

Sammyra Santana disse...

Cria coragem e poooooooooosta, Carol! hahahahahahahaha
Beijo, flor

Pelos caminhos da vida. disse...

Ficarei esperando!

beijooo.

SGi/Sonia disse...

Menina, acho que te conheço de algum lugar... Você não é aquela loirona bonitona que tem um blog?
Pois é...

Tô com saudades e 'ainda' não esqueci de vocÊ heheheheh


Beijins:*

Maria Fernanda disse...

Yeah,
você tá de volta :)

Sammyra Santana disse...

Pois avise mesmo, viu?
Saudade de ler teus escritos!
Bjo

:: Fatima :: disse...

Oi amigas!

Eu tbem andei sumida por quase dois meses!Por causa do fd ano e por causa do nascimento do meu sobrinho!Agora to de volta e pronta pra postar e comentar muito nesse blog que eu adoro!

Depoois passa la!

Bjoo=)*

Amanda Marina ♥ disse...

Ooow D. Margarida, a Srta apareceu e sumiu de volta?

Hahaha!

PS: sem pressão ! escreva quando tiver vontade!

Beijos*

O Profeta disse...

Construí um abrigo no deserto da emoção
Os vales são as ruas de um Deus
Fecha-se a alegria da terra
Um último olhar de amor, solto dos olhos teus

Na noite tudo se perde
Mora a sombra, o desvario
A indomável vontade do amor
Tem a força de um Rio


Mágico beijo

Pelos caminhos da vida. disse...

Pode ter certeza de que nunca esquecerei meus amigos e vc faz parte dessa lista.

Fim de semana de luz amiga.

beijooo.

Menina Mistério disse...

"Sou transparente e não consigo fingir o que não estou sentindo. Quem me conhece de verdade sabe como estou só de olhar pra mim, ou de ouvir a minha voz"

Me identifikei com a sua descrição...sou um pouco disso tudo tbm!

ótimo Blog, sucesso!

beijos

manzas disse...

Sublimes versos escapam das almas dos poetas
Viajando até ao fundo dos céus como balões …
Suspensos ficam no tecto brilhando poesias inquietas
Reflectindo olhos orvalhados em prados de emoções

Dedicado a todos
Os poetas e poetisas
Deste mundo,
Os que já adormeceram,
E aos outros
Que ainda nem sono têm...

Bem hajam!

Um resto de uma boa semana...

O eterno abraço…

-MANZAS-

manzas disse...

Tocavam os raios ensolarados e madrugadores
Nas vastas planícies, terras por conquistar…
Do chão brotavam vidas e esperanças de amores
Colhidas por ninfas ao som de flautas, a dançar

Mas nessas terras, também corriam ventos de tirania
Trazidas por lordes e senhores de um Rei ditador…
Cobrando liberdade a um povo que por ela ardia
Forçados às leis impostas pelas espadas, suor e dor

Um resto de uma agradável semana!

Bem-haja!

O eterno abraço…

-MANZAS-

Sonhos e Devaneios disse...

menina do jeito que escreves nao vai sentir dificuldade nenhuma em escrever sua monografia. Tens um dom maravilhoso de se expressar, parabens.
beijos joao

L&L-Arte de pensar e expressar disse...

gostei de seu blog parabens quando der visite o meu www.palavrasarteblablabla.blogspot.com

jeh disse...

ameiii teu blogg
andei lendo os outros post
bjks