segunda-feira, 3 de novembro de 2008

Sentir-se amado


"O cara diz que te ama, então tá. Ele te ama.
Sua mulher diz que te ama, então assunto encerrado.
Você sabe que é amado porque lhe disseram isso, as três palavrinhas mágicas. Mas saber-se amado é uma coisa, sentir-se amado é outra, uma diferença de milhas, um espaço enorme para a angústia instalar-se.
A demonstração de amor requer mais do que beijos, sexo e verbalização, apesar de não sonharmos com outra coisa: se o cara beija, transa e diz que me ama, tenha a santa paciência, vou querer que ele faça pacto de sangue também?
Pactos. Acho que é isso. Não de sangue nem de nada que se possa ver e tocar. É um pacto silencioso que tem a força de manter as coisas enraizadas, um pacto de eternidade, mesmo que o destino um dia venha a dividir o caminho dos dois.
Sentir-se amado é sentir que a pessoa tem interesse real na sua vida, que zela pela sua felicidade, que se preocupa quando as coisas não estão dando certo, que sugere caminhos para melhorar, que coloca-se a postos para ouvir suas dúvidas e que dá uma sacudida em você, caso você esteja delirando. "Não seja tão severa consigo mesma, relaxe um pouco. Vou te trazer um cálice de vinho".
Sentir-se amado é ver que ela lembra de coisas que você contou dois anos atrás, é vê-la tentar reconciliar você com seu pai, é ver como ela fica triste quando você está triste e como sorri com delicadeza quando diz que você está fazendo uma tempestade em copo d´água. "Lembra que quando eu passei por isso você disse que eu estava dramatizando? Então, chegou sua vez de simplificar as coisas. Vem aqui, tira este sapato."
Sentem-se amados aqueles que perdoam um ao outro e que não transformam a mágoa em munição na hora da discussão. Sente-se amado aquele que se sente aceito, que se sente bem-vindo, que se sente inteiro. Sente-se amado aquele que tem sua solidão respeitada, aquele que sabe que não existe assunto proibido, que tudo pode ser dito e compreendido. Sente-se amado quem se sente seguro para ser exatamente como é, sem inventar um personagem para a relação, pois personagem nenhum se sustenta muito tempo. Sente-se amado quem não ofega, mas suspira; quem não levanta a voz, mas fala; quem não concorda, mas escuta.
Agora sente-se e escute: eu te amo não diz tudo."
(Martha Medeiros)
Ultimamente, tenho prestado muita atenção para a banalização do "Eu te amo". As pessoas, cada vez mais, dizem as 3 palavrinhas como se estivessem dizendo "Bom dia", "Boa Tarde", e elas acabaram por perder um pouco o encanto. E aquela mágica que se sentia ao ouví-las parece que está se dissipando.
Sei que isso acontece com muita gente. Comigo não!
Se você ouvir um "Eu te amo" meu, saiba que é verdadeiro. Eu não consigo dizer "Eu te amo", como se estivesse dizendo uma frase qualquer.
Muitas vezes, recebo pelo orkut correntes como " Hoje é o dia do Eu Te Amo, mande essa mensagem para 15 pessoas, e terá um dia feliz amanhã."
Putz! Sem comentários...
Eu não mando! Sorry! Até por que no meu orkut não tem 15 pessoas que eu ame.
O dia do Eu te amo é todo dia. Com atos, gestos, demonstrações.
Beijinhos...

26 comentários:

Jujuba disse...

ADOREI O TEXTO!!!
Lindinho!!!
E concordo com vc... ultimamente "Eu te amo" anda balanizado!

Mas uma coisa posso dizer com toda a certeza... vc é uma das 15 pessoas do meu orkut, do meu msn, dos meus emails, da minha vida... pra quem eu digo EU TE AMO!

EU TE AMO GALEGA VÉA!!!

Bjo

:: Fatima :: disse...

As pessoas em geral dizem "Eu te amo" pra qq um em qq situacao,e a agente nunca sabe quando estao sendo verdadeiros!O amor esta sendo realmente banalizado...E isso é muito ruim.Eu sou a favor do amor sincero!

boa semana!bjos

Youko Watanabe disse...

Oii Caarol, eu achei este texto muito lindo e concordo com o que vc disse sobre a banalização do amor. As pessoas hj em dia não sabem o que é o amor em si. Dificilmente a gente vê alguem q esta sendo sincero. E isso é uma pena ja que o amor é o maior sentimento do mundo.

Beeeijo =*

p.s: tem um tempaoo q nao vejo oth =/

Linda_Rê disse...

Odeio o "eu te amo" banal.
É raro ouvir isso de mim, pq pra mim amor é coisa muito séria.

Beijos

Tata disse...

Pois é Carol,

existem pessoas que sae falando eu te amo a torto e a direita, sem sentir de verdade! Também não gosto disso! Amar tem peso!
beijinhos

Amanda Marina ♥ disse...

Falou e disse!
Concordo com cada palavra!!
Beijão*

Tay disse...

Concordo cm vc Carol...tb ñ consigo sair por ai dizendo eu te amo pra quem eu ñ amo de verdade....bj

Sarinha disse...

A mais pura verdade! Amar é bem mais do que palavras!
Adoreii o texto!!

bjus

Ju... disse...

"eu te amo" não só não diz tudo, como poucas vezes quer dizer muita coisa...
mas eu te amo!
:p
e eu espero ser uma das talvez "15"pessoas do orkut...
rsrs!
=*

Pelos caminhos da vida. disse...

Concordo com vc amiga,mas eu qdo digo é porque amo mesmo.

beijooo.

daniel disse...

Carol

É isso!... O eu te meu amo, tem-se banalizado, como esta banalizado o acto de amar, realmente amar. Amor é sublime e sublimação, não está no: olha... andamos, mas sim em dois seres se completarem nos afectos.
Por mim uso muito o termo consideração, parece-me muais real, não implica mais do que isso; consideração, torcer, etc.
Ao passo que: eu te amo, é - Até que a eternidade nos separe!...
Beijos,
Daniel

NAELA disse...

Linda um post excelente! Representa de uma forma directa e corajosa a realidade dos nossos dias...sentimentos tornaram-se banais!
Respondendo a tua pergunta...sim fui eu que escrevi o post da ballerina;)
Um beijo muito doce

Maria Fernanda disse...

Eu te amo nem sempre diz tudo que deveria. Eu, particularmente, prefiro atos à palavras.

Beijo

Pelos caminhos da vida. disse...

Bom dia!

Hoje tenho um selinho especial para vc, passe lá pegar.

beijooo

Sammyra Santana disse...

Carol, eu bem que precisava ler esse texto da Martha hoje!
Valeu por postá-lo!
amar, amar de verdade, vai além das 3 palavrinhas!
Beijo pra ti

Youko Watanabe disse...

Oie Caarol.. gostei tanto que acabei achando um texto da Marta e coloquei no blog :)

Andei procurando uns livros e achei textos lindissimoos

quem disse q blog nao eh cultura?!

beeijo floor =D

Máah!! ☆ disse...

Ler seu post me fez lembrar que sonhei na noite passada com um certo alguém dizendo que me amava a noite toda. E eu simplesmente ouvia, pq não acreditava. E no sonho eu nem cogitava dizer "Eu também".
Banalidades à parte, obrigda pela visita. Volte sempre =)
Gostei daqui.

Beejs ;*

Pelos caminhos da vida. disse...

Bom dia Carol!

beijooo.

Carol Biasutte disse...

parei de dizer eu te amo no dia em que levei um puta-pé-na-bunda. percebi que nao o amava como achava. em uma semana, o esqueci completamente..

nem pra minha mae tenho dito isso.. a frase é seria.. 'eu te amo' não é 'bom dia'.

Késia Maximiano disse...

tenho q concordar com vc.. a coisa ta mto banalizada...
É terrivel ver aquele vizinho q vc so fala "bom dia" vim cheio de intimidades pra vc la no orkut, e exatamente 6 dias depois do primeiro contato on line, vim com um tal de um eu te amo..
ai ai viu...
=/

Dany disse...

Eu tb concordo! Realmente a gente nem sabe qdo a pessoa diz verdadeiramente ou não... banalizou geral! Tb sou daquele tipo que só digo se eu realmente sentir... ser falsa é coisa que não me pertence!
;)
Obrigada pela visitinha ao meu blog! Volte sempre que quiser, tá?!
Bjs

Nine disse...

Oiiiii sou Aline...eu ameiiiiiiii o seu texto..incrivelmente lindo e real...palavras que tento dizer todos os dias as pessoas que perderam no caminho o significado do Eu te amo !!

Ameii...

Beijinhos..nine

Luciana disse...

Oi, Carol!

Você apareceu lá no meu blog assim, como quem não quer nada, comentou sobre dois posts meus e eu vim aqui, retribuir a agradável visita. Não é que me deparei com esse post que tem tudo a ver com o que estou vivenciando no momento? Esse texto me trouxe vários pontos para uma verdadeira reflexão. Me ajudou muito, pode acreditar.
Adorei o texto, adorei o blog e com certeza estarei aqui com frequência...

Beijos!

Ivan disse...

A Martha Medeiros têm grande sensibilidade na expressão de idéias. Eu gosto muito dos textos dela.

TEnho descoberto o que é amar mais ou menos assim como ela descreve. Traz alguns aborrecimentos, já que o sucesso ao cuidar do outro depende da colaboração dele. Mas é recompensador intimamemtne.

JOTA ENE ® disse...

É claro que é muito bom sentir-se amado.

bjs

JOTA ENE ® disse...

É claro que é muito bom sentir-se amado.

bjs